domingo, novembro 23, 2008

Dom

Todo mundo tem um dom. Eu, por exemplo, não interajo com cenários. Segue, com dois meses de atraso, sensacional registro da viagem ao Rio:

2 comentários:

milouse disse...

era soh abrir os braços que passaria por um cristo redentor.

alias, quantos cristos redentores tem no rio? quantas torres eiffels tem em paris? e em nova iorque?

ju disse...

Deve estar ligado à escolha das cores da roupa... ou do tamanho da cabeça... vai entender!!