quarta-feira, maio 13, 2009

Profeta a posteriori

Confesso que já tinha tudo planejado. A inesperada derrota contra o Sport (inesperada pelo gol ter saído apenas no final da partida) levava a decisão para os pênaltis. Exatamente como aconteceu com o Corinthians no mesmo 12/05.

Meu post estava de fato pronto. As substituições e a lista de batedores mostravam que o Luxemburgo não compreendeu muito bem esse conceito de disputa por pênaltis. Dois melhores batedores substituídos. Dois zagueiros, um lateral e um volante tosco entre os cobradores. Desastre anunciado.

"A História se repete, primeiro como tragédia e depois como farsa", era a citação que estava preparada. Não daria certo. Não haveria mais milagre algum.

Meu pai insistiu para que eu confiasse no gênio. "Só se ele defender quatro pênaltis, porque esses caras do Palmeiras vão acertar um só".

Primeiro chute e o volante tosco erra. Estava quase satisfeito de ter razão apesar da iminente eliminação.

Depois, o impensável.

E ele só não defendeu quatro porque o Sport nem precisou cobrar todos...

5 comentários:

milouse disse...

que lindo!

e finalmente admitiu: "Meu post estava de fato pronto."

Ju disse...

Depois os caras que idolatram o Rogério Ceni é que querem dar o cu pra ele... he he he he he...

milouse disse...

no updates yet!!!!

milouse disse...

nenhum post comemorativo pelo teu diploma?

Bruno disse...

Realmente, ele é o cara. Abs. Barbosa