segunda-feira, maio 28, 2007

"Kalynka era uma menina muito azarada. 'Ha ha ha', diziam seus amigos, 'como você é azarada'. Eles eram maus.

Um dia, ela foi até a televisão para gravar um programa. 'Ela nunca vai ganhar', diziam seus amigos. E aí ela foi, e ela respondeu, e ela não parava mais de responder e aí ela ganhou e ficou muito muito feliz. Fim."

Infelizmente a vida não é uma história infantil. Felizmente, porém, ela também não é um filme norte-americano. Imaginem um time vermelho, daqueles típicos. Pessoas sem coração e que intimidam os bonzinhos...

Pois bem, é possível que uma vez na vida o time vermelho ganhe. Sim, acontece do time vermelho acertar no último segundo e roubar a liderança...Pior ainda, a equipe vermelha pode ficar tão na frente, mas tão na frente, que a reação dos bonzinhos se torne matematicamente impossível.

"E aí ela foi, e ela respondeu, e ela não parava mais de responder e aí ela ganhou e ficou muito muito feliz. Ela mostrou pra todos que era capaz, 'Ha ha ha, eu ganhei'. Fim."

3 comentários:

Celina disse...

O time verde representado por homens, machistas talvez, tiraram o chapéu para a JOVEM KALYNKA.
A estória poderia ter outro final..."Aí, a jovem Kalynka, mostrou a todos que apesar de ser jovem, tem inteligência e serenidade necessária para vencer uma guerra."
KALYNKAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Ju disse...

"e nunca mais ninguém vai rir de mim"!!!!!!!!!!

Lágriminha no canto do olho e uma felicidade SEM FIM!!!

Parabéns pra vcs!!!!!

Oscar disse...

and the Oscar goes to.... KALYNKA!!!!